fbpx
Sancionado Projeto de Lei que dispõe sobre a bula digital de medicamentos
12 maio, 2022
Natulab amplia linha Seakalm, o fitoterápico mais consumido do Brasil – agora um poderoso amigo do bom sono
13 maio, 2022

Conheça 10 celebridades que usam cannabis para fins medicinais

Beyoncé, Henrique Fogaça, Jennifer Aniston e outros famosos já revelaram fazer o uso da substância para o tratamento de diversas patologias. O que as personalidades pensam sobre essa terapia?

Recentemente, a Anvisa aprovou a comercialização do 15º medicamento à base de cannabis medicinal no Brasil e a popularização da substância vem crescendo substancialmente no mundo após o aumento no número de estudos científicos que comprovam seus benefícios para o tratamento de patologias como dor crônica, insônia, ansiedade, depressão, Alzheimer, esclerose múltipla, autismo, entre outras.

Além disso, segundo a Remederi, farmacêutica brasileira que promove o acesso a produtos, serviços e educação sobre a cannabis medicinal, outro fator que contribuiu significativamente para o avanço da substância foi o fato de pessoas públicas começarem a falar abertamente sobre o assunto. Frente a isso, a empresa elencou 10 grandes celebridades, nacionais e internacionais, que fazem uso do produto, para que as pessoas conheçam mais sobre o tema.

 

Beyoncé: ela não só usa como cultiva. A cantora e compositora mundialmente conhecida decidiu em 2021 construir uma fazenda de cultivo de cannabis e mel nos Estados Unidos, para combater dores e insônia. Além do benefício pessoal, a aposta da cantora de investir no canabidiol (CBD) também ajudou na melhora da qualidade de vida dos seus filhos.

Pedro Scooby: o surfista de ondas gigantes e ex-BBB já revelou que, ao contrário do que muitos pensam, não faz o uso da cannabis para fins recreativos, mas usa o canabidiol na forma medicinal para melhora na qualidade do sono. A prática é uma importante aliada para pessoas que sofrem com noites mal dormidas.

Jennifer Anniston: uma das grandes atrizes de Hollywood, conhecida mundialmente pela sua atuação na série Friends, faz uso da cannabis medicinal para o tratamento de dores, insônia e ansiedade, e afirma ter ótimos resultados com esse princípio ativo para sua saúde mental.

Alessandra Ambrósio: a top model brasileira já revelou ser beneficiada pela terapia canabinoide. Há alguns anos, a modelo usa o CBD para relaxar e não ficar ansiosa, antes de entrar nas passarelas.

John Legend: em 2019, o cantor e compositor americano investiu em uma empresa do setor de cannabis, chamada PlusCBD. Na época, ele disse que resolveu entrar nesse mercado por acreditar muito no potencial medicinal do CBD. A companhia é famosa por produzir gomas comestíveis destinadas a melhorar a ansiedade, o sono e o humor.

Henrique Fogaça: o famoso chef de cozinha e jurado do programa MasterChef Brasil é outra personalidade nacional que defende veementemente a terapia canabinoide no país. O chef se tornou um apoiador do medicamento devido a um caso raro de epilepsia que atinge o tônus muscular de sua filha Olívia, que tem tido resultados excepcionais com a cannabis medicinal. O fato, inclusive, motivou Fogaça a inaugurar um instituto de pesquisas de Cannabis medicinal em São Paulo.

Kim e Kourtney Kardashian: as irmãs são grandes apoiadoras da cannabis. Kim já afirmou fazer uso de CBD e realizou um chá de bebê com produtos à base da substância. Ela tornou público que trocou os ansiolíticos por balas de goma CDB para dormir melhor. Fora isso, Kourtney também lançou uma marca de produtos de beleza à base de canabidiol nos EUA.

Laura Neiva: a atriz brasileira, esposa do ator Chay Suede, já revelou que trata a epilepsia com canabidiol. Durante sua gravidez, afirmou não ter sido necessário interromper o tratamento nesse período.

Patrick Stewart: o ator, conhecido por interpretar o Professor Xavier, em X-men, revelou que usa cannabis para tratamento de uma artrite severa que tem nas duas mãos, em forma de pomada e spray. Segundo ele, o produto também o ajuda a dormir, uma vez que reduz a dor.

Cláudia Rodrigues: a atriz revelou em um programa de TV fazer o uso da cannabis medicinal para o tratamento de uma severa esclerose múltipla. A artista afirmou que usa a substância no formato de óleo e que o produto extinguiu os tremores que ela apresentava por conta da doença.

Segundo Fabrizio Postiglione, CEO e fundador da farmacêutica Remederi, é muito importante quando celebridades conceituadas falam publicamente sobre a cannabis medicinal e levam informação concreta para um grande número de pessoas. “Muitas vezes esse tipo de conteúdo pode salvar vidas. Existem inúmeras pessoas que, por falta de conhecimento, acabam perdendo a possibilidade de se beneficiar do produto e não conseguem um tratamento adequado para a sua condição médica”. Por isso o executivo diz que a falta de informações sobre o tema foi um fator que afetou diretamente sua vida, após seu pai enfrentar um quadro de difícil tratamento, que poderia ter tido seus sintomas amenizados com a terapia canabinoide – que era pouco conhecida pelos médicos brasileiros na época.

“Essa dificuldade só aguçou ainda mais minha vontade de trazer a educação e o conhecimento sobre a substância, para assim proporcionar mais qualidade de vida para todas as pessoas que necessitam, assim como meu pai precisou”, relata.

De acordo com Postiglione, foi por conta dessa experiência que ele decidiu se especializar ainda mais na área – ele já atuava em fazendas de cannabis nos EUA – e criar a Remederi e, mais recentemente, o Instituto de Ensino e Pesquisa, que promove cursos sobre a terapia canabinoide com o objetivo de educar e capacitar profissionais da saúde a respeito do tema. Além disso, a empresa ainda oferece produtos com preços bem abaixo da média no mercado, para que mais pessoas tenham acesso ao tratamento.

WhatsApp
LinkedIn
Share
Instagram