fbpx
86% dos pacientes com câncer de pulmão recebem o diagnóstico nos estágios que mais matam
19 ago, 2019
Público masculino vem ganhando espaço no mercado de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, diz ABIHPEC
20 ago, 2019

Logística Reversa de medicamentos vencidos ou em desuso domiciliar

A grande atenção da sociedade e formadores de opinião sobre a questão de resíduos de processos produtivos e a necessidade de adequação na destinação desses recursos, tem resultado na mobilização dos governos, nos âmbitos estaduais e federal, na elaboração de políticas e decisões para o estabelecimento de compromissos de distintos setores da economia.

A destinação de resíduos sólidos e sua logística reversa são agendas que ganharam repercussão nas principais pautas ambientais e econômicas no Brasil principalmente com a Lei Federal 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Como é ampla e poderia ser aplicada a vários setores, não dá diretrizes especificas sobre medicamentos.

Com o intuito de entender os desafios e oportunidades para todos os elos da cadeia farmacêutica (de produtores, distribuidores e varejistas), a ABCFARMA em conjunto com outras  entidades uniram-se para fomentar a consultoria KPMG de informações de maneira a abordar a complexidade de se implantar o sistema adequado de logística reversa para medicamentos e / ou resíduos de medicamentos de uso domiciliar vencidos ou em desuso, e assim esclarecer os desafios e pressupostos para estruturação e operacionalização deste.

O estudou analisou os cenários para execução do programa e os principais desafios para a implementação de um sistema de destinação ambientalmente adequado de medicamentos, como, por exemplo, custos e retornos esperados; dificuldades da malha logística e particularidades do setor farmacêutico; possíveis impactos ambientais e aspectos tributários.

O trabalho em sua íntegra está disponível aos nossos associados que poderão acessar o conteúdo.

Acesse na íntegra Clique Aqui!