fbpx
Premiados pelo Sindusfarma os melhores da indústria farmacêutica em 2022
02 set, 2022
Biomm firma primeiro contrato com o Ministério da Saúde
05 set, 2022

Lançamentos tornam Hypera Pharma líder da indústria farmacêutica no Brasil

A indústria farmacêutica brasileira tem novo líder. Com 450 novos produtos nos últimos cinco anos e R$ 420 milhões empenhados em P&D, a Hypera Pharma projeta R$ 7,4 bilhões de faturamento para o ano e já celebra a primeira posição no ranking setorial. Agora, prevê reforçar a operação de medicamentos de especialidades e mira inovações como o canabidiol.

Essa receita representa um incremento de nada menos que 100% em relação às vendas de 2018, quando os lançamentos movimentaram R$ 232 milhões. Após a ampliação de 128% do aporte em inovação, o faturamento com novos produtos subiu para R$ 1,54 bilhão e foi determinante para elevar em dois pontos percentuais o market share da companhia no período – hoje na casa dos 8,7%.

Os indicadores foram apresentados durante o HypeDay, evento híbrido destinado a investidores, stakeholders e players do mercado financeiro. “Conseguimos solidificar nossa estrutura de governança, por meio de medidas como a formação do conselho fiscal totalmente independente, e uma cultura calcada na diversidade de segmentos de negócios e de pessoas”, pontua o CEO da empresa, Breno Oliveira.

20 power brands da indústria farmacêutica

Presente em 96% das farmácias brasileiras, a Hypera Pharma também dobrou de dez para 20 o volume de power brands da indústria farmacêutica desde 2018. Essa terminologia da IQVIA aplica-se às marcas que superaram R$ 100 milhões em vendas no intervalo de 12 meses até junho.

A lista inclui 15 blockbusters líderes em suas categorias, entre os quais Addera D3, Buscopan, Benegrip, Dramin, Engov, Neosaldina e Rinosoro. A Hypera Pharma detém as primeiras posições em áreas como respiratória (R$ 900 milhões), gastrointestinal (R$ 600 milhões) e antiespasmódicos (R$ 300 milhões). No segmento de dor, é a segunda colocada, mas superou a barreira de R$ 1,1 bilhão e apresenta 29% de share.

Especialidades e canabidiol no radar

Os lançamentos recentes também alavancaram a representatividade da Hypera Pharma no mercado de prescrição. “Somos a quarta maior do país nesse segmento, sendo que há três anos sequer ocupávamos o top 10”, acrescenta Breno Oliveira.

A empresa prepara, ainda para 2022, quatro lançamentos na área de especialidades. Um deles é o anticoagulante Picbam, primeiro do mercado após a queda da patente. Mas a principal novidade fica por conta do produto à base de canabidiol, contendo THC na formulação e indicado para casos de epilepsia, depressão, ansiedade e dores crônicas.

Para aumentar a produção dessa classe de medicamentos, a farmacêutica erguerá uma planta em Jundiaí, no interior de São Paulo, complexo fabril e de pesquisas que receberá recursos de R$ 400 milhões. Outros R$ 400 milhões estão sendo aplicados no aumento da produção de medicamentos injetáveis em Anápolis (GO), por meio da subsidiária Brainfarma.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico