fbpx
Zodiac apresenta SYMDULOR SL
16 nov, 2022
EMS apoia luta contra o câncer de próstata
16 nov, 2022

Excelência no atendimento, Aché reforça parceria com varejo

O Aché Laboratórios, empresa 100% brasileira, fundada há 56 anos, lançou este mês o Programa de Excelência no Atendimento ao Shopper de Medicamentos — PEAS, que promete apoiar o atendimento e fidelização a partir de uma melhor experiência de compra, junto às farmácias de todo o país. A iniciativa levará até os pontos de venda um conhecimento melhor do perfil dos compradores e um trabalho de consultoria para a definição de estratégias que melhor atendam às necessidades e expectativas dos clientes de medicamentos.

Segundo a presidente do Aché, Vânia de Alcantara Machado, a proposta visa maximizar a satisfação do shopper no processo de compra, principalmente dos medicamentos de prescrição – fundamentais para a melhoria da saúde dos pacientes, atuação dos médicos e ampliação dos negócios do varejo, seja no ambiente físico ou digital. “Através das pesquisas realizadas sobre os shoppers e da consultoria que vamos prestar aos parceiros, estamos mais uma vez inovando e ajudando nossos clientes a estarem sempre à frente também”.

Elizangela Kioko, diretora da Unidade de Consume Health Care, destacou que os medicamentos de prescrição mobilizam hoje 80% das idas às farmácias e que o shopper não busca um produto isolado, mas uma solução para sua patologia. “É fundamental que o varejista conheça com profundidade o seu cliente para se posicionar melhor no mercado, fidelizar e não frustrar suas expectativas. Para ajudar na compreensão dessa jornada, o Aché realizou, nos últimos dois anos, um mapeamento dos perfis de compradores, das preferências e fricções no atendimento. Os resultados obtidos nessas pesquisas serão consolidados em um Guia de Atendimento para o Varejo, a ser lançado no início do próximo ano”, comentou a executiva.

Na ocasião do lançamento do programa, o consultor norte-americano Brian Harris, considerado o “pai do Gerenciamento por Categoria”, ministrou a palestra O que se perde em não atender as expectativas do seu cliente?, com mediação de Fátima Merlin, especialista em GC no Brasil. Reconhecido internacionalmente pelo pioneirismo e inovação no mercado de varejo e marketing, defendeu a necessidade de o varejista voltar ao básico, ou seja, conhecer o seu shopper com profundidade – e como as mudanças no comportamento de compra promovidas pela pandemia podem afetar seus negócios.

Segundo ele, para uma boa jornada de compra são essenciais o sortimento e a disponibilidade do atendente — fatores determinantes para manter e ampliar os negócios, atendendo os clientes com excelência. “Entre as adaptações necessárias, é indispensável ao varejista saber segmentar os shoppers, conhecer suas ambições no momento de compra e integrar todos os canais de venda, para que um não concorra com o outro. É preciso se colocar no lugar do shopper, fazer as perguntas certas e conectar o produto às suas necessidades e expectativas”, explica o especialista.

Sobre o Aché Laboratórios  

Empresa 100% brasileira, fundada há 56 anos, o Aché está posicionado entre as maiores corporações farmacêuticas do Brasil, cumprindo o propósito de levar mais vida às pessoas onde quer que elas estejam.

Reconhecida pela sua capacidade de inovação, excelência e qualidade em produtos e serviços, governança e solidez, a Companhia emprega mais de 5.000 colaboradores e possui uma das maiores forças de geração de demanda e de vendas do setor. Mantém um diversificado pipeline de projetos em desenvolvimento e disponibiliza ao mercado um portfólio com 388 marcas em 1080 apresentações de medicamentos sob prescrição, genéricos e isentos de prescrição (MIPs), que cobrem 156 classes terapêuticas e 18 especialidades médicas. Os produtos do Aché, desenvolvidos para registro em mercados altamente regulamentados, estão presentes em 21 países na América Latina, África, Ásia e Europa.

Possui cinco plantas industriais: em São Paulo, capital; em Guarulhos, no estado de São Paulo; em Londrina, no Paraná (empresa Nortis); em Anápolis, estado de Goiás, e em Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco. Além disso, a empresa possui 25% da Bionovis, fruto da joint-venture de biotecnologia com outras três empresas farmacêuticas brasileiras.

Fonte: FSB Comunicação