fbpx
Conselhos farmacêuticos: como evitar a interação medicamentosa?
14 set, 2022
Ministério da Saúde aprova no SUS o primeiro medicamento para pacientes com osteoporose grave
15 set, 2022

Como Promover Sua Farmácia Naturalmente?

Por Regina Blessa

Promoção e divulgação do varejo não são itens encontrados só nas mídias sociais. Existem outros recursos vitais de divulgação espontânea que devem ser adotados para garantir o sucesso de qualquer farmácia. A seguir, 10 dicas indispensáveis.

Sempre que se pensa em promoção, pensamos em alguma mídia. Mas, antes de usar  – eventualmente pagar – mídias que multiplicam o índice de divulgação de nossa loja, precisamos observar se, em outros ângulos vitais, não estamos esquecendo a divulgação espontânea.

Aqui vão algumas dicas importantes para fazer da sua farmácia um evento completo:

  • 1. Quem passa pela rua de carro consegue perceber sua fachada? Dá para notar a loja um quarteirão antes? Se a loja não for percebida, não vai adiantar divulgar. Primeiro, faça com que todos da redondeza a distingam naturalmente.
  • 2. Quem olha para sua loja consegue perceber o que ela vende em três segundos? Se você não tem certeza disso, pergunte a qualquer estranho perto da loja se ele sabe onde fica a loja tal, ou se ele sabe se tem alguma loja do tipo, ali perto? Isso pode lhe dar pistas sobre se sua loja é percebida ou não pelas pessoas do bairro.
  • 3. Sua vitrine é vendedora ou informativa? A vitrine ou parede de vidro mostra o interior da loja e dá dicas sobre os produtos, categorias e nível de preços? É ela que dá o impulso de entrada do cliente ou não.
  • 4. Da entrada se consegue ver o fundo da loja e os caminhos para entrar? Nunca coloque gôndolas atravessadas fechando a entrada e o circuito de compras. Muitas lojas põem tanta coisa na porta que desviam o impulso de entrar. O ideal é perceber que é fácil entrar, andar e sair. Sem enxergar os caminhos, o impulso fica mais restrito.
  • 5. Como você faz o planejamento e o calendário promocional de sua loja? Um ano antes ou só faz tudo em cima da hora em uma data festiva? Se você não tem tempo ou espírito de publicitário para encontrar o meio termo ideal, contrate uma agência.
  • 6. Sua loja tem o cadastro dos clientes habituais? Se não tiver cadastro dos e-mails ou telefones, como fazer promoções pelas redes sociais?
  • 7. Depois de tudo isso, como você vai divulgar sua loja? Claro, tudo vai depender da verba disponível para fazer alguma propaganda. Mas, com pouquíssima verba, podemos usar as redes sociais em doses pequenas, sem perturbar os clientes. Comece com posts no WhatsApp e vá ampliando seu poder de divulgação aos poucos, mas sempre checando se está falando a linguagem certa para o público certo.

Folhetos na inauguração ou sobre lançamentos são úteis e reforçam a marca da loja.

A melhor promoção que existe é o “boca a boca”, mas, isso só vai funcionar com um excelente atendimento e uma experiência de compra completa.

Se sua loja for no interior, fora portanto do eixo São Paulo e Rio, sua verba pode dar até para fazer Rádio e TV. Contrate uma boa agência e veja se é possível fechar algum pacote nesses tempos de baixa visibilidade televisiva, já que todos estão com a cara na Internet.

  • 8. Agora vamos checar umas medidas importantes. Você mede os resultados de suas promoções? Você sabe o que dá certo e o que não dá mais? Você, por acaso, costuma copiar seus concorrentes sem saber se o resultado deles foi bom? Cuidado!
  • 9. Seus funcionários são treinados para sorrir, agradar e mostrar as promoções?
  • 10. Você fica de olho em tudo na loja? Seu olhar cuidadoso consegue perceber se os funcionários agradam a clientela ou apenas fazem seu trabalho mecanicamente? A imagem da sua loja vai bem perante os “já” clientes?

Pense nessas dez dicas e reflita se há providências que precisam ser tomadas para divulgar mais naturalmente, ou conscientemente, sua loja.

Regina Blessa

Palestrante e Consultora Especialista em Varejo

www.blessa.com.br