fbpx
Outono: Temporada de alergias
09 maio, 2022
Consulta farmacêutica: Como ela pode auxiliar no controle de doenças como a hipertensão
09 maio, 2022

Como organizar uma farmácia: 20 dicas de especialistas

Para aumentar as chances de conquistar os clientes e obter bons resultados de vendas, é essencial ter uma boa organização de produtos na farmácia – que inclui uma padronização para expor os itens no ponto de venda. Itens expostos de forma ordenada e fácil identificação das categorias conquistam os consumidores e ajudam na fidelização. Mas, além dos conhecimentos sobre varejo, é fundamental sempre consultar a legislação sobre propaganda e exposição de produtos na farmácia. Eis uma coleção de 20 dicas que podem ajudá-lo na organização de produtos e geram resultados cada vez melhores.

Locais para produtos de grande demanda
Os produtos líderes de categoria geralmente são expostos no final dos corredores e em locais distantes da entrada da loja. Esse tipo de organização de produtos na farmácia estimula o cliente a entrar na loja e conhecer outros itens ofertados no caminho.

Embalagem visível ao consumidor
Organize a exposição de produtos na farmácia de forma padronizada, de modo a que todos os itens estejam com o melhor lado da embalagem para frente, ou seja, voltados para a visão do cliente.

Leitura de nome e marca facilitada
Priorize a organização de produtos na farmácia de modo a que as embalagens estejam expostas com os nomes e as marcas bem visíveis.

Precificação posicionada abaixo dos produtos
É importante checar se todos os preços estão posicionados abaixo dos produtos correspondentes, para evitar confusão de informações junto ao cliente.

Organização em ordem crescente de demanda
Agrupe as subcategorias e os sabores em ordem crescente de demanda, ou seja, coloque primeiro na visão do cliente os itens que vendem mais.

Exposição organizada por tamanho de embalagem
Nas gôndolas, uma dica é posicionar as embalagens menores nas prateleiras que estão na altura do quadril e as maiores nos expositores mais baixos.

Produtos da mesma categoria sempre juntos
Um erro comum na organização de produtos na farmácia é posicionar os itens da mesma categoria separados em diferentes prateleiras. É muito importante para a experiência de compra do consumidor que esses produtos estejam juntos, pois assim ele consegue optar pelo que melhor atende à necessidade naquele momento.

Produtos de baixo giro em pouco espaço
Evite reservar grandes espaços nas gôndolas para os produtos de baixo giro. É importante ressaltar que ter um bom mix de produtos para oferecer maior gama de opções ao consumidor é fundamental. Mas vale lembrar que ter clareza dos produtos que realmente têm maior rotatividade é essencial para a estratégia de reposição e de vendas.

Quantidade insuficiente de itens
Evite deixar apenas uma embalagem de cada produto exposto na gôndola. Isso dá a impressão de que o produto está acabando ou saindo de linha.

Promoções sem exageros
É sempre bom evitar o excesso de ilhas promocionais na farmácia. Use a estratégia de forma objetiva. Certamente é mais eficiente investir numa estratégia bem desenhada do que fazer várias ações para tentar acertar o que pode dar certo, pois isso pode gerar certa confusão na cabeça do consumidor.

Limpeza e higiene dos produtos
Cuidar da limpeza das embalagens e mobiliário, assim como da frente da loja, balcões e do chão é fundamental para garantir um visual agradável no ponto de venda.

Produtos mal posicionados
Produtos deitados, de lado ou mal expostos dificultam a visualização do nome e/ou da marca, o que pode desestimular a compra pelo consumidor. Lembre-se de que a organização de produtos na farmácia é extremamente importante para aumentar o ticket médio dos clientes enquanto eles circulam pela loja em busca do que vieram comprar.

Locais para os cestões
Evite colocar cestões de ofertas ou produtos expostos muito próximos à entrada da farmácia. Coloque-os a pelo menos um metro para dentro do ponto de venda.

Tipo de produtos nos cestões
Coloque apenas um tipo de produto em cada cestão de ofertas. Isso melhora a visibilidade para o consumidor e estimula a compra.

Escolha dos produtos para ponta de gôndola
As pontas de gôndola são os locais mais atrativos para exposição de produtos na farmácia. Uma dica é utilizar esse espaço para colocar lançamentos e ofertas sazonais relacionadas com as datas comemorativas.

Exposição de embalagens por cores
Evite expor os produtos de mesma cor de embalagem muito próximos um do outro, isso dá a sensação de monotonia ao cliente.

Checagem de toda a loja
Após a arrumação de todos os produtos no ponto de venda, é interessante observar a loja e ter uma visão geral de todo o espaço de vendas para analisar se as composições e comunicações estão em harmonia e não causam confusão de entendimento aos clientes que entram e circulam pela loja.

Produtos certos para impulsionar as vendas
Coloque próximo à porta da farmácia itens que chamem a atenção dos clientes. A escolha do tipo de produto vai depender do perfil do público que a farmácia atende. Se a drogaria tem um formato popular, os produtos mais indicados para exposição na entrada da loja são os de baixo custo e alto giro.

Iluminação na farmácia
A iluminação valoriza a exposição dos produtos na farmácia e melhora a experiência de compra do consumidor. Lembre-se de que a sua loja é um estabelecimento de saúde. Se quiser chamar a atenção da população que circula pela calçada, uma loja escura certamente terá o efeito contrário.

Cuidados com medicamentos tarjados
Não coloque medicamentos tarjados nos cestões ou em outros locais fora do balcão. Verifique sempre o que é permitido na legislação. É preciso ter em mente que a fiscalização em algumas cidades é bastante forte – e expor produtos controlados no autosserviço pode gerar problemas.

Resumindo: muitos gestores se preocupam apenas com as estratégias de preços, mas uma boa exposição e organização de produtos na farmácia também são fundamentais para garantir a prosperidade do negócio. Boas vendas!

WhatsApp
LinkedIn
Share
Instagram