fbpx
Cuidados com alergias e como se manifestam
19 jul, 2021
O “manicômio tributário” dos medicamentos em São Paulo
19 jul, 2021

Anvisa aprova primeiro genérico para controle e prevenção de asma brônquica, bronquite crônica e enfisema1,2

Fabricado pela farmacêutica Glenmark, o medicamento é indicado para o alívio do espasmo brônquico associado às crises de asma, bronquite crônica e enfisema

A partir de agora, os pacientes com asma brônquica, bronquite crônica e enfisema contarão com uma nova opção de tratamento: o primeiro medicamento genérico do sulfato de salbutamol. Desenvolvido pela farmacêutica Glenmark, o genérico irá contribuir para melhorar a qualidade de vida de milhares de pessoas no Brasil. Comercializado apenas mediante prescrição médica, o medicamento é indicado para o relaxamento das paredes dos brônquios com o auxílio de um spray nasal que permite que os pacientes respirem com mais facilidade, além de permitir maior adesão da população, com custo-benefício mais acessível. De efeito rápido, observa-se melhora significativa da função pulmonar logo após a inalação. O medicamento age em até cinco minutos e seu tempo de ação no organismo varia de quatro a seis horas.

As doenças respiratórias são motivo de preocupação mundial. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a asma afeta mais de 334 milhões de pessoas no mundo todo, é a doença crônica mais comum em crianças, a que mais causa internação hospitalar de crianças em países de alta renda, além de afetar todas as raças, etnias e idades. Sua incidência também aumentou nas últimas três décadas.

“A aprovação regulatória da Anvisa comprova os perfis de eficácia e segurança do medicamento e pode ser considerada uma grande vitória para os pacientes, que terão uma nova opção mais acessível de tratamento. Estamos empenhados em fazer com que este medicamento esteja disponível rapidamente. Além disso, estamos investindo cada vez mais para expandir a linha de medicamentos, reforçando a liderança da empresa no desenvolvimento dos primeiros genéricos de moléculas”, revela o diretor de marketing da Glenmark Farmacêutica, Renato Borges.