fbpx
Webinar – Dispensação de Medicamentos – Inscreva-se já!
31 ago, 2020
EMS apoia projeto que promove conexão entre pacientes internados e familiares durante pandemia
01 set, 2020

Merck adere à campanha Sinal Vermelho, que presta suporte para mulheres vítimas de violência doméstica

São Paulo, Brasil, agosto, 2020 – Com a necessidade do isolamento social provocado pela pandemia, os índices de feminicídio cresceram 22,2% em comparação com os meses de março e abril de 2019. E neste contexto surgiu a campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica, que consiste no oferecimento de mais um canal seguro e simples para que as mulheres possam denunciar seus agressores. As vítimas podem procurar ajuda em farmácias mostrando um “X” vermelho na palma da mão, e os balconistas e farmacêuticos das lojas participantes estarão prontos para ajudá-las.

A Merck é a primeira empresa de ciência e tecnologia com uma divisão farmacêutica a aderir ao projeto e irá contribuir para levar as mensagens da campanha para as farmácias por meio de 170 representantes que realizam um total de cerca de 500 visitas por dia, além de espalhar conteúdos de conscientização em suas redes sociais e para os seus outros cerca de 1000 funcionários.

“Como signatários dos Princípios do Empoderamento Feminino da ONU Mulheres, não podíamos ficar de fora de uma iniciativa tão importante para as mulheres. Vamos usar a nossa capilaridade com as farmácias para que os estabelecimentos que ainda não aderiram à campanha, possam saber mais sobre ela, além de reforçar as mensagens e ajudar cada vez mais farmacêuticos e balconistas a estarem preparados para ajudar às vítimas”, afirma Pedro Galvis, presidente da Merck no Brasil.

A Sinal Vermelho é liderada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e os organizadores contam com o apoio de diversas outras instituições, como a Abrafarma, Abrafad, Instituto Mary Kay, Grupo Mulheres do Brasil, Mulheres do Varejo, Conselho Federal de Farmácia, entre outras.

 

Acesso o site oficial da campanha para obter mais informações: https://www.amb.com.br/sinalvermelho